Nova Metrópole - Topo

Os psicopatas do mundo moderno

Estamos assustados e tentando entender porque jovens de família podem ter atitudes absurdamente cruéis, matam sem dó nem piedade. Tanta brutalidade, tanta crueldade. Meu Deus!

Têm-se uma sociedade tolerando o desrespeito, a tirania, a injustiça, a falta total de consideração ao próximo. Podemos dizer que estamos favorecendo que psicopatas se manifestem. Estamos co-construindo uma ausência de sentimentos éticos e altruístas, unidos à falta de sentimentos morais.

O ser humano é um ser que necessita da convivência social e para isso deve saber que toda sociedade é determinada por regras de conduta que se refletem nas leis. E é obrigação dos pais esclarecerem seus filhos desde a infância sobre a necessidade das regras e limites, se não o fazem criam a ilusão de um mundo onde tudo pode.

É importante conhecer bem os filhos, observar cada ato e perceber quando precisam de ajuda. Por exemplo: mentiras, desrespeito com os outros, intolerância com qualquer frustração, brigas, são termômetros de que algo vai mal. Estabelecer contatos com todas as pessoas do convívio do seu filho é de suma importância, professores, pais dos amigos. Quanto mais precocemente os problemas são identificados, maiores são as chances da ajuda para que este jovem se ajuste num estilo de vida socialmente aceito.
Um jovem pode nascer com o potencial para ser um bandido, mas se traz consigo o berço da família e sua religiosidade tem muito mais chance de formar o freio interior que todos nós precisamos.

Eis os mandamentos de um psicopata em potencial:
1) As pessoas são descartáveis. Não existem semelhantes.
2) Honra apenas a si mesmo.
3) Faz o mal e disfarça com cara de bonzinho.
4)É frio e cruel.
5) Mente descaradamente.
6) Sua tolerância é zero.
7) Zela apenas pelos seus interesses.

Você pai, você mãe, não permita a falta de educação. seja firme, não ceda. ensine uma religião e mostre ao seu filho o poder da fé e do amor.


Mariangela Mantovani

Postar um comentário

0 Comentários